Ivan Jubert Guimarães
10/03/2011


Ela tem nome de santa
E já passou por muitas dores.
Ela que a todos encanta,
Tem o coração cheio de amores.


Rita não é uma mulher comum,
Ela é um anjo cuidador dos fracos,
Não fraqueja ante problema algum,
Dá carinho a quem sofre de maus tratos.


Sempre amiga, sempre carinhosa,
Presenteou-me com seu amor
Dando-me força em hora tenebrosa.


Assim é Rita, uma mulher de talento,
Que vive a vida com muito ardor,
E com fé diante de qualquer tormento.
 



Ivan Jubert Guimarães


Direitos reservados ao autor