Ivan Jubert Guimarães
22/02/2010


Já sofri de amores por muitas mulheres,
Algumas ainda quando eram meninas,
Não sei se foi por voluptuosidade,
Ou até mesmo por minha ingênua paixão.


O fato é que sempre me perco de amores,
E mesmo que dure apenas um dia,
Meu amor possui muita intensidade,
Tanta que chega a doer o coração.


Meu amor perfeito é como a flor,
Cores variadas em perfeitas matizes,
Cujas raízes fazem explodir o meu peito.


Amor de poeta quase sempre é desprezado,
Causa medo e até mesmo insegurança,
O que é pena, pois é um amor mais que perfeito!

 


Ivan Jubert Guimarães


Direitos reservados ao autor