Ivan Jubert Guimarães


E de repente uma luz se acende em algo que já era luminoso
E tudo que agora se pretende, é que cresça, ficando mais volumoso.
A chegada de uma criança é sempre uma dádiva divina
É um motivo de esperança, uma coisa nova que a vida nos ensina.
 


Mantém no rosto o sorriso de menina, alimenta o filho com alegria,
Continua tua gargalhada linda e fina, e ele chegará sorrindo um dia.
Trará com ele a mais pura bondade, será justo, manso e não uma fera;
Ele já vem trazendo com ele a verdade, pois que é fruto de uma nova era.
 


As crianças que chegam agora vêm para nos ensinar algo profundo
São seres de uma nova raça, que chegam para preservar o mundo,
Gerando outra civilização, fazendo daqui um mundo bem melhor.
 


Tem muito amor em teu coração, e a cada dia que passa torna-o maior;
Carrega sentimento em cada ação, afasta os maus pensamentos da mente,
Sê feliz minha linda e querida amiga, e seja abençoado o fruto de teu ventre.



Ivan Jubert Guimarães


Direitos reservados ao autor