Ivan Jubert Guimarães

16/02/2016


Tuas mãos que me tocam há tanto tempo,
Mantêm a força que sempre me deu alento,
E a suavidade da carícia em meu rosto
Afastam de mim as marcas do desgosto.


A energia que sinto vibrar de tuas mãos
Tiram de mim todos os pensamentos vãos
Que me torturam quase me enlouquecendo
E me fazem sentir que já estou morrendo


Tuas mãos são a maior fonte de luz
Que pelos caminhos escuros me conduz
Permitindo que eu chegue ao meu destino.


Graças a elas tudo que começo eu termino,
Porque tuas mãos me empurram adiante
É por isso que minha andança é repousante.


Ivan Jubert Guimarães

Direitos reservados ao autor
 

 

 

 

Midi: Instrumento em tuas mãos - Instrumental