Soneto feito a quatro mãos
Larissa Villela & Ivan Jubert Guimarães
01/06/2007


Se você assim desejar, a vida pode ser uma festa.
Adoro o verbo realizar, e tudo o que faço presta!
Tenho pressa de viver, de conhecer e de amar.
Eu me apaixono, mas tenho medo de me machucar.
 


Tive alguns fracassos e poderia ter tentado mais,
Pena não existir fórmulas para problemas pessoais.
Eu gosto mesmo é de pessoas e de tudo sou capaz;
Gosto de ouvir histórias de todo tipo e tanto faz.
 


Sou do tipo que vai sempre à luta impelida pelo medo,
Minha vida é um caderno aberto e não tenho segredo.
Gosto de muitas coisas na vida, sou sobrevivente.
 


Eu respiro música, de qualquer tipo e adoro dançar.
Sou meio extravagante, gosto de queijo e de amora,
E minha vida, ah! A minha vida tem trilha sonora!



Larissa Villela & Ivan Jubert Guimarães


Direitos reservados aos autores