Ivan Jubert Guimarães
27/11/2003


Primeiro um olhar bem profundo,
Daqueles que vão até o fundo d'alma,
Abrir os braços, como para abraçar o mundo
E receber-te em meu peito, te sentindo calma.


Depois do conforto deste abraço tão forte,
Um beijo nos cabelos erguendo-te a fronte,
As mãos que abraçavam acariciam teu porte
E beijo teus lábios como se bebesse da fonte.


Acaricio teu corpo que tanto eu almejo
Beijo teu colo e afago os teus seios
Sentindo em tua boca o mel do desejo.


Tocando teu corpo já do jeito que queres,
Eu sinto a entrega sem medo ou receios,
E faço de ti a mais feliz das mulheres.


Ivan Jubert Guimarães


Direitos reservados ao autor