Ivan Jubert Guimarães
12/06/2017
 


Não, não me deixes ainda
Ou será que chegou a minha hora?
Tu estás tão bela, tão linda,
Não vá, não quero que me deixes agora.

Dá-me tua mão, me sinto seguro,
Embora eu respeite tua vontade
Sei que teu amor sempre foi puro
E continuará por toda a eternidade!

Sei que viverei eternamente contigo
Mesmo me deixando não vou sofrer
Sempre vou estar sob teu abrigo.

Assim, se houver uma despedida,
Aceito-a, pois tem de acontecer
No entanto, estarei vivo, minha vida!


Ivan Jubert Guimarães


Direitos reservados ao autor

 

 

Midi: Viver a Vida