brt>

 

 

 

 

Ivan Jubert Guimarães
16/01/2014


Sou tão viciado em amar
Que nem penso ser amado;
A mim me basta gostar
E isso me torna confortado!


Já tive tantos amores na vida
Muitos nem me conheceram,
E se tornaram a vida florida,
Pelos caminhos se perderam.


No entanto, a dor da solidão
Me pega pouco prevenido,
Fazendo doer meu coração.


E se amo com tal intensidade,
Este vício tal como um bandido
Traz uma overdose de felicidade!



Ivan Jubert Guimarães

Direitos reservados ao autor

 

Midi: Meu vício é você - instrumental