Ivan Jubert Guimarães

31/10/2014


Sinto que meu país está de luto;
Tudo porque o governo é poluto:
Por mais que eu seja resoluto,
Eu me acho em lugar devoluto.


Mas eu sinto que sou impoluto;
Não me enfraqueço, sou diluto;
Embora um governo dissoluto,
Faça história de um jeito involuto.


O papel do governo é revoluto,
E por isso, se preciso eu luto,
Mas o povo é um povo irresoluto.


O ideal do povo tornou-se soluto,
Quem sabe um dia seja evoluto.
E quem sabe eu não fique tão puto!



Ivan Jubert Guimarães

Direitos reservados ao autor

 

 

 

Midi: Hino Nacional com Fafá de Belém