Ivan Jubert Guimarães
23/09/2017
 


O amor de minha vida
Ficou perdido no passado,
E vou vivendo sem guarida
Mas sentindo-a ao meu lado.

Lembro-me dela com tristeza
Por não ter tido a coragem;
Tive medo de sua beleza
E até hoje, guardo a imagem.

A ela meu primeiro poema,
Um acróstico com seu nome,
Mas nunca entreguei, que pena!

Estas lembranças queridas
Que vivo com intensidade,
São histórias de minha vida.


Ivan Jubert Guimarães

Direitos reservados ao autor

 

Midi: História de um amor - instrumental