Ivan Jubert Guimarães
02/08/2008


Sou um amontoado de pequenos fragmentos,
De tudo eu tenho um pouco dentro de mim,
Minha vida é regida por diversos momentos,
E eu nunca pensei porque eu ajo assim.
 


Sou humilde, mas tenho orgulho, tenho vaidade,
Sou bom, sou ruim e também sou indiferente;
Sinto os desejos da juventude, sinto saudade;
Sinto a tristeza, mas um sorriso me faz contente.
 


Sofro perdas, como todos, de amizades, de amor;
Mas sempre faço novos amigos, e amo bastante,
Sou careta, sou pequeno, mas sou também gigante.
 


Sou forte como a árvore e frágil como uma flor,
Sou destemido na conquista e tímido na ação,
Agora estou empenhado em domar teu coração.



Ivan Jubert Guimarães


Direitos reservados ao autor