Ivan Jubert Guimarães
23/09/2017


Há pessoas que não acreditam em mim,
Não leram meus livros, nem minha poesia;
Desprezaram tudo de bom que em mim havia,
Parece difícil, mas é simples assim.

Ainda recebo ajuda e cuidados,
Pode até parecer que é cômico,
Mas estou doente, sou renal crônico,
Tal dependência faz de mim um coitado.

Sei da minha grande força interior,
E vou vencer seja lá como for,
E contando com a ajuda de Deus.

Se, no entanto, for outra a minha sorte,
E Deus me premiar com minha morte,
Só me resta deixar o meu adeus!
 


Ivan Jubert Guimarães

Direitos reservados ao autor

 

Midi: Eu acredito - instrumental