Ivan Jubert Guimarães
04/06/2011



Lá, do outro lado da ponte,
Tem uma região cheia de lagos;
Num deles existe uma linda fonte
Onde meu amor espera por meus afagos.
 



Levo meu coração cheio de carinhos,
Vou apertá-la tanto em meus braços;
De seu corpo vou percorrer todos os caminhos
E chegar ao êxtase com nossos abraços.
 



O orvalho faz baixar uma suave neblina,
Uma leve brisa se espalha pelo ar
E o céu lindamente se ilumina.

 


Teus olhos ofuscam o brilho das estrelas,
Nossos lábios se encontram sob a luz do luar.
Em meio à carícia do beijo, eu quero te amar!


 


Ivan Jubert Guimarães


Direitos reservados ao autor