Ivan Jubert Guimarães
13/09/2012


Este amor cujo fogo em meu corpo arde
Despertando em mim forte imaginação,
Faz meu coração gritar sem alarde
E me traz uma deliciosa sensação.


Esta alucinação permite que eu perceba
Uma mudança na paisagem à minha volta,
E muito antes que tua saliva eu beba,
Sinto-me um bravo ao ver-te sem escolta.


Avanço e tomando-te em meus braços,
Eu te desnudo e me livro de meu complexo
Deito-me, beijo e sorvo o néctar de teu sexo.


E ao ver-te lânguida na mais bela imagem,
Não quero despertar de meu lindo sonho,
Mesmo sabendo que tudo é uma miragem!



Ivan Jubert Guimarães

Direitos reservados ao autor
 

 

Midi: Tema de Emanuelle