Ivan Jubert Guimarães
16/09/2007


Ela divide-se em minutos e segundos
E marca o tempo corrido do dia; o prazo
Ela controla os sentimentos mais profundos,
A angústia, a espera do encontro, o atraso.


Quase nunca se acerta a hora com o parceiro
Cada relógio tem seu tempo e velocidade,
E isso faz com que um chegue sempre primeiro,
Deixando quem espera na maior ansiedade.


Há momentos em que as horas voam a jato,
E há aqueles em que os minutos tardam a passar.
A gente reclama de tudo e isso é muito chato.


Os segundos também caminham lentamente,
Tente ficar apenas quarenta sem respirar,
Viver a vida pelo relógio acaba matando a gente,


Ivan Jubert Guimarães


Direitos reservados ao autor