Ivan Jubert Guimarães
26/10/2007


Poeta que se preza sempre está à procura do belo,
Eu, como poeta, encontrei a beleza em Mônica Mello.
Mônica tem uma beleza rara e bem singular;
Fosse eu mais jovem gostaria de ser seu par.


Mônica é loira, com cabelos da cor do sol e compridos,
O que faz brotar desejos que tenho que manter reprimidos;
Ela é inteligente, autêntica, diz sempre o que pensa,
Vale a pena ouvi-la falando, pois tudo o que diz compensa.


É amiga, daquelas que você sente a sinceridade;
Mônica é verdadeira, jovem e na flor da idade.
Tem idéias próprias e opinião sempre formada.


Quando olho para ela não consigo ver mais nada,
Pois Mônica se destaca pela simpatia e pela graça,
Tudo fica muito mais bonito por onde Mônica passa.



Ivan Jubert Guimarães


Direitos reservados ao autor