Por Ivan Jubert Guimarães

 

 

 

 


INSEGURANÇA


O que tenho feito da vida?
Quão miserável tenho sido!
Como recuperar o tempo perdido?

Por que tanta insegurança
Com tudo que aprendi e já sei?
Por que me sinto tão criança?

Lições não estudadas,
Falsa experiência adquirida.


03/05/93


PROVAS


Tanto duvidei de tua existência,
Procurando entender-te a essência.
Pedia provas e não tinha as respostas.
Não via aquilo de que mais gostas.

Comecei a olhar para dentro de mim.
Fui vendo toda a beleza, enfim:
Que existe vida fora da Terra;
Que a morte quando chega nada encerra.

Hoje, te sinto sempre a meu lado;
Nunca mais me senti só e desolado.
Peço-te e te agradeço sempre em prece.
Sei que estás aqui, quero-te ver; aparece!


08/05/93



RECOMEÇO

A vida é linda.
Se o dito não é original
Encerra uma grande verdade.

A vida é uma viagem
Pelo tempo e pelo espaço
Na busca da perfeição.

As estadas são efêmeras
Nas mais diferentes moradas,
Nos lugares mais distantes.

Pode-se dizer que a vida é eterna,
Como eterno é o Universo.

A vida é sempre um recomeço;
Incrédulos, podeis crer:

Contrariando o poeta Cassiano,
Quando morremos é que começamos a viver.


10/05/93


MENSAGEM

Quero fazer-me ouvir,
Espalhar meu canto pelo mundo afora,
Levando a todos um novo porvir,
Quero fazer tudo isto agora.

Quero difundir um mundo de cores
Das mais variadas matizes;
Quero legar a todos um mundo de amores,
Quero deixar todos muito felizes.

Quero que não haja pecado nem crime;
Que o amor seja de todos a única sina;
Que a vida seja de um belo sublime,
Pois que é fonte da inspiração divina.


17/05/93


SONHOS

Quantas vezes em meus sonhos,
Estive no céu e no inferno;
Quantos pesadelos, momentos medonhos,
Que sofrimento que me parecia eterno.

Aos poucos os sonhos foram mudando,
E o que era medonho foi ficando lindo;
À medida que minha fé foi aumentando,
Os bons momentos chegaram e continuaram vindo.

Hoje meus sonhos são de luz;
Acabaram-se os pesadelos meus,
Ao deitar-me penso no mestre Jesus
E durmo pertinho de Deus.


31/05/93



BONDADE


A bondade não é uma dádiva.
Não é tampouco uma obrigação.
Ser bom é antes de tudo,
Nossa maior e grande missão.

Ao contrário do que possa parecer,
Ser bom não é simplesmente agradar,
É ter sempre aberto o coração,
É praticar o bem, estender a mão.

Existem ainda pessoas malvadas,
Que um dia serão bons cidadãos.
É o resgate de vidas passadas
Que nos torna a todos bons irmãos.


05/06/93



SABEDORIA


A sabedoria é a soma do conhecimento,
É a distinção do errado e do certo,
É a sintonia perfeita do entendimento.

É testar o pensamento antes de perguntar;
Exercitar os neurônios adormecidos,
É a experiência adquirida por se pensar.

Não é ela encontrada apenas no pensamento;
Ela está na observação da vida,
Em todos os sentidos, em cada momento.


07/06/93



TRANSCEDÊNCIA


Antes predominava o medo;
Agora sinto já um pouco de coragem,
Não conhecia da morte o segredo,
Hoje anseio em fazer esta viagem.

O caminho pode ter muitas curvas,
Mas pode também ser reluzente;
É como um rio de águas turvas
Que se torna límpido, quase transparente.

Os caminhos são marcados por pequenas luzes;
Alguns são claros, muito brilhantes;
Outros são cercados por cruzes;
Nuns o destino é certo, noutros é errante.

Tudo depende de como vivemos;
É nossa vida que nos leva à morte;
Por isso, queridos irmãos, rezemos;
Pratiquem o bem e boa sorte.


14/06/93



SER ESPÍRITA


Ser espírita é acreditar no progresso,
É ter fé e razão ao mesmo tempo,
É buscar a evolução e o sucesso.

Ser espírita é sempre manter a calma,
Em qualquer situação, por pior que seja;
É cuidar do corpo, da mente e da alma.

É ser forte, ter coragem e humildade,
Ter o perfeito domínio de seu ego interior.
É ser sábio e agir só com bondade.

Não se trata da luta do bem contra o mal;
Ser espírita é, antes de tudo,
Buscar nossa própria evolução espiritual.


21/06/93



A GRAÇA


Uma graça recebida se agradece;
Um favor que nos fazem, se esquece.
Por aquela somos envolvidos,
Por este, endividados.

Nada mais inoportuno que um favor não pedido.
O que parece simples gentileza no será cobrado.

A graça, porém, é sempre bem-vinda.
Ela é capaz de mudar nossa existência,
E a dívida vira um simples compromisso
Que vamos pagar a outrem.


28/06/93



NÃO FOI ADEUS


Não chorem minha partida,
Pois que não é uma despedida;
Não morri, apenas troquei de vida,
Pois que nessa a missão já foi cumprida.

Para mim, uma nova missão tem início;
Não façam de minha ausência um suplício;
Continuem trabalhando em seus ofícios,
Executem sua missão, cumpram seus compromissos.

Nossa união, aí, sempre foi muito forte;
Trabalhamos muito, também tivemos sorte,
Por isso não lamentem, mantenham o porte,
Continuem seus trabalhos, mantenham o norte.

Assim como uma flor que nasce e cresce,
E um grande amor que não se esquece,
A morte não é tão ruim como parece,
Ao lembrarem de mim, façam uma prece.


Pensando em Íris
02/08/93



AGRADECIMENTO


Obrigado Senhor
Pelas pedras em meu sapato,
Pelos desencontros e desafetos,
Pela tristeza, pela nostalgia,
Por tudo que sofri um dia.

Com a dor nos pés, continuei em pé;
Com a solidão e contratempos, me reencontrei;
Com a tristeza aprendi a sorrir;
Com a nostalgia senti de novo alegria;
Com o sofrimento encontrei a paz.


16/08/93



SINA

Não vale a pena viver maldizendo a sorte, pois o
fardo que carregamos é mais leve do que o fardo que
outros têm sobre os ombros.

Não nos cabe a incumbência da lástima.

A vida que temos é, geralmente, a que pedimos.
Por isso, quando reclamamos de nosso destino estamos,
mais uma vez, nos destruindo. Portanto, temos que
aceitar nossa sina. E lutar sempre para melhorarmos de vida.

Ainda que a dor que nos acomete seja incômoda,
nossa passagem é curta, logo a dor é pequena.
Por isso não lamentem, agradeçam a vida terrena;
Serão mais felizes e isto sim é que vale a pena.


30/08/93



DURANTE O SONO


Quando mergulhados em vossos sonos, podeis ter
belos sonhos ou terríveis pesadelos. Quase sempre
são reais, embora pareçam fictícios.
Podeis acordar tranqüilos e descansados, ou então
assustados e, despertos, aliviados.

Quando sonhais, vossas almas desprendidas vão
para o espaço e encontram-se com outras almas.
Tanta coisa acontece num simples sonho de poucos
segundos, mas vos parece ser uma eternidade.

É que quando estais em outro plano, não existe
limite de tempo. Não deveis temer,
quando acordados, o que já conheceis em vossos sonhos.


04/10/93



ARREPENDIMENTO


Sou prisioneiro da escuridão.
Diante das dificuldades procurei a saída mais fácil.
Nasci para amar e sofrer de amor.
Tive casos, tive amores, tive remorsos e também tive dores.
Amei intensamente e tive um grande amor pedido.
Então me revoltei e fugi do mundo.
Não via mais sentido na vida.
Por viver um amor que me foi proibido, passei a fazer tudo escondido.
Enganando, sofrendo e chorando.
A alma enegrecida pela vergonha e pelo medo levou-me a julgar-me impuro;
Passei a ter mais dor que amor no coração.
Hoje, pelo meu ato, vivo no escuro,
Quero luz, quero amor e compaixão.


22/11/93