Vantuilo Gonçalves

 


Encanta-me pensar que você existe...
E que no luzo dos seus olhos vagueia
Um alarido vestido de desejos e de
Um viço flavo, que decanta dissabores
E dá luz farta ao meu viver.
 


Encanta-me pensar que você existe;
Que existe além do meu óbvio; da
Verve nua que ladeia meu punho
Ensandecido por um louco desejo.
 


Encanta-me pensar que você existe;
Que existe além das estrelas, além de
Um Infinito, onde é guarnecida pelas
Mãos fartas dos anjos querubins.
 



Vantuilo Gonçalves

Direitos reservados ao autor

 

 


Deixe o seu carinho ao poeta no nosso livro de visitas