Para o meu Papai Raymundo, "in memorian"
Regina Coeli


Lado a lado, no passo feito lento,
No escorrer dos minutos e das horas,
Doentes de anoiteceres e de auroras,
Vivemos o teu último momento.

Foste embora, e me sopra frio vento
Que deita, sem delongas e demoras,
O silêncio e a saudade nos agoras
De soluço e dor deste meu lamento.

Por entre a solidão que me restou,
Enxergo o tudo que não tenho mais
Nos tantos uivos que o meu cão uivou...

Se a dor macera, a espera um bem me faz:
Perto de ti cada vez mais estou,
Maior distância já ficou pra trás!

 


Regina Coeli
Direitos reservados à autora