© Joaquim Marques
13/7/2011


Eu nasci num país onde o alvor
De levante, chega bem cedinho.
A Natureza bela é sequencial...
Enquanto gorgeia cada passarinho
Raios de Sol, beijam com carinho
O céu deste meu lindo Portugal.


Eu nasci num país onde há jardins
Com as mais belas e odoríferas flores.
Nas suas pétalas escrevo meus cantos
Perfumados com histórias d'amores
E os feitos de bravos navegadores
Desta pátria de heróis e de santos.


Eu nasci num país beijado pelo mar
De onde para Ceuta, naus, partiram
Sulcando águas de mares profundos.
Heróicos marinheiros, a tudo resistiram
E, guiados pelo Infante, descobriram
Terras... que são hoje, novos mundos.


Eu nasci num país pequeno, mas ufano
Das façanhas, de seu povo, reza a história
Mas seu timbre é nobre, hospitaleiro e leal.
Tantas foram as conquistas levadas à vitória
Que cobriram seu estandarte de glória!...
Este cantinho onde nasci... É Portugal!...


© Joaquim Marques

Direitos reservados ao autor