Cleide Canton

São Carlos - 04/10/2016

Ouça o outubro!Desperta a rosa triste
em botão ainda tímido e sem cor,
com medo de abraçar o desamor
do joio, mas o trigo é que persiste.

Primavera, na busca do esplendor,
percebe que no bem o mal existe
e mostra a essa platéia que a assiste
o botão a descobrir o seu valor.

Abrem-se em festa as pétalas sedosas
amparadas por folhas primorosas
ao sol envaidecido em seu mister.

Balança nos seus galhos flutuantes,
sorri dos desacertos dos amantes...
Pureza no amor é o que ela quer.

Cleide Canton

Direitos reservados à autora


Midi: Rosa (Pixinguinha) - Instrumental