Ivan Jubert Guimarães
14/04/2008


Há momentos na vida que nós a entregamos nas mãos de Deus.
Sendo assim ela não nos pertence mais e deixa de ser nossa.
Quando isso acontece é porque chegou a hora de mudar.
E mudar não é apenas fazer coisas diferentes não.


As coisas podem até ser iguais às que fazíamos antes,
Porém, sem a preocupação de ser notado, sem alarde.
Quando nos é dada uma segunda chance de viver,
É porque o Pai ainda precisa de nós para alguma missão.


É morrendo que muitos conseguiram seu intento,
Cristo, Joanna d'Arc, Tiradentes e sei lá quantos mais.
Mas quando a vida nos é preservada é porque temos o que fazer.
Nosso coração sabe, pergunte a ele caso tenha dúvidas.


A maneira de retribuir é salvar ou ajudar a outras pessoas,
Entre as tantas que precisam de ajuda neste mundo.
E ajudar não é dar roupas velhas, cestas básicas, dinheiro;
Não! A verdadeira ajuda não pode gerar dependência.


É preciso uma reforma íntima para eliminar os preconceitos,
Razão de tantas guerras e desacertos familiares.
Não é preciso trabalhar tanto, dedicar-se somente a ganhar dinheiro.
Se for dando que se recebe, é ganhando que se pode dar mais.


Apronte-se, um novo porvir agora se inicia, são novos dias.
Obtivemos a cura para poder curar um mal maior,
Que afeta quase toda a humanidade: o egoísmo.
Doença quase incurável assim como o orgulho e a inveja.


Agradeça pela oportunidade que lhe foi concedida,
Só pessoas especiais obtêm este merecimento,
Mãos à obra, portanto, e vamos realizar nossa missão,
Que é espalhar aos corações o amor que temos dentro de nós.



Ivan Jubert Guimarães


Direitos reservados ao autor