Ivan Jubert Guimarães

 

 

 

Na solidão causada por tua ausência
Se me rói o peito em fragmentos dolosos
Meu corpo ávido do teu corpo
É consumido por uma enorme tristeza
Meu cérebro deixa-se dominar
Por pensamentos estranhos
As dúvidas atormentam-me
As incertezas alucinam-me
Quero-te perto
E tu manténs distância
E sinto a morte percorrer meu corpo
Tomado por desejos...

 

 

 

Ivan Jubert Guimarães

 

Direitos reservados ao autor