Ivan Jubert Guimarães
10/2010


Caminho perdido e sem rumo;
Vou tropeçando, fora de prumo;
Preciso encontrar-me comigo mesmo
E parar de ficar andando a esmo.
Sinto que a vida passa cada vez mais;
E peço a Deus que me mande sinais!
 



Ivan Jubert Guimarães


Direitos reservados ao autor