Ivan Jubert Guimarães
20/02/2010


Entreguei-me à volúpia de teus beijos,
Apossei-me de teu corpo em delírio,
Sentindo teu gosto em minha boca,
Afastando de mim todo pensamento
Que não fosse o de possuir-te de forma louca.


Abriguei-me em teus braços docemente
Afaguei teus cabelos cacheados
Suguei teus seios intumescidos pelo desejo
E nos entregamos ao prazer de uma paixão
Que não arrefeceu diante do fogo de meu beijo.


Adormecemos um nos braços do outro.
Energias recuperadas de tantos abraços,
Olhos nos olhos, sorrisos nos rostos
Vivemos felizes cada momento,
Sem culpa, e com todo gosto!



Ivan Jubert Guimarães


Direitos reservados ao autor