Ivan Jubert Guimarães
26/10/2010


Veja que beleza
Há no mundo
Minha pequena!
Veja quanta coisa
Na imensa Natureza!
Eu vou cantar para ti
E afastar toda tristeza.
Com meu cantar,
Vou gritar até
Ficar rouco.
Por que num mundo
Que é tão maravilhoso
Vive um povo egoísta
E muito orgulhoso
Que tem olhos só
Para o próprio umbigo
E este mundo tão antigo
Está ficando louco.
Todos reclamam
Mas fazem muito pouco
Rogam a Deus
Em preces vãs
Os seus problemas.
Pedem tanta ajuda
Mas não ajudam ninguém
E quase nunca agradecem
A ajuda recebida também.
Que coisa mais descabida
A falta existente de respeito.
Respeito até pela vida
Já que se foge dela
Por caminhos tortuosos,
Onde as drogas são a fuga
Para um mundo irreal.
Pessoas entristecidas
Sem vontade de lutar
Sem querer evoluir
Dá trabalho e por isso
Querem fugir.
Fique e lute com bravura,
Põe luz em tua vida escura.
E quem sabe um belo dia
Tua vida será só alegria.



Ivan Jubert Guimarães


Direitos reservados ao autor