Ivan Jubert Guimarães

15/03/2012



Nela nada de cria, nada se perde, tudo se transforma.
E Ela faz isso apenas para se preservar da destruição.
Por isso a afirmação de Lavoisier acima já virou norma,
E a Natureza prossegue seu caminho de evolução.


As atitudes predatórias realizadas pelo homem,
São comuns diante do progresso da sociedade;
É por isso que tantas espécies animais somem:
Não há mais espaço para elas na verdade.


É um processo natural que a Mãe Natureza executa,
De nada adiantam os movimentos de preservação
De falar coisas que a maioria do povo sequer escuta,
Preservar espécimes é contra a própria evolução.


Parece que falando assim sou contra os animais,
Eu até gostaria de ver o mitológico Centauro,
Meio homem, meio cavalo e com fúria demais,
E como seria se tivessem preservado o dinossauro?


É preciso acabar com essa mania de ecologia,
Pois o mundo segue seu curso de forma natural,
Deixemos de lado esta tola hipocrisia
E parar de lutar contra o que é perfeito e normal


O homem age da forma que a Natureza deseja,
Enquanto Ela for mais sábia e mais forte,
Conseguirá nos impor tudo que ela almeja,
E são dela os desígnios de nossa sorte.


Se Ela consegue tudo transformar,
Não há razão para esses movimentos,
Se as baleias começam a encalhar,
É porque está chegando seu momento.


Tudo passa na vida e passa depressa,
Portanto, cada um que siga seu caminho,
Não adianta rezar e fingir que faz promessa,
Do contrário estará caminhando sozinho.


O mundo está perfeito da forma como foi criado,
Cada coisa em seu devido e apropriado lugar;
A Terra é um planeta lindo, tem céu estrelado,
E durante o dia o Sol nunca para de brilhar.


Sinto pena dos que acham que tudo está errado,
Não sabem de nada e não dão o devido valor,
Falam muito quando deveriam ficar calados,
Pois a Natureza é a grande obra do Criador!
 

 

 

 

Ivan Jubert Guimarães

 

 

Direitos reservados ao autor

 

 

 

 

 

 

 

LIBERDADE