Ivan Jubert Guimarães
19/08/2011


Quando me perco de amor viajo nas alturas
Sinto-me leve como uma pequena pluma,
Que voa levada por uma brisa leve e pura
Para cair na praia, à beira da espuma.


E ver-te sozinha caminhando pela areia,
Tenho a ilusão de que caminhas para mim,
Ao olhar o luar e ver uma linda lua cheia
Faz-me pensar que a vida é linda assim.


Mas tudo é fantasia, o mundo é ilusório,
O que parece perfeito, dura só um momento,
O encontro não acontece tudo é transitório
E a ilusão transforma o belo em tormento.


E busco encontrar o amor por mim desejado,
Caminhando por caminhos de desventuras,
E muito antes de encontrar o ser amado,
Percebo que tudo não passa de loucuras.


Ivan Jubert Guimarães

Direitos reservados ao autor