Ivan Jubert Guimarães
14/07/2003



Por que minha fraqueza é tão forte?
E o medo mais valente que minha coragem?
A ignorância me ensina mais que o conhecimento?
A eternidade não passa de um simples momento?.
 


Se os vencedores estão perdidos,
Os que perdem não estão vencidos?
Se Deus é quem está certo,
Por que o diabo anda sempre por perto?
 


Se eu peco e sou perdoado,
É mais certo eu fazer errado?
Se a certeza elimina toda dúvida,
Toda dúvida conduz à certeza?
 


Se as estrelas brilham mais na noite escura,
Por que então o Sol sai durante o dia?
Por que dizemos estar cheios da vida,
Só quando ela fica vazia?
 


Se dinheiro não tem importância,
Por que todos querem guardar?
Se a opinião tem tanta relevância,
Por que é que todos querem dar?
 


E essa tal felicidade, tão difícil de encontrar,
Por que todos a procuram onde nunca vão achar?
Não será, então, mais feliz,
Aquele que não a procurar?
 


Não é de pergunta em pergunta
Que a verdade a gente alcança.
Perguntar pode não ofender,
Mas meu Deus, como cansa!

 


Ivan Jubert Guimarães


Direitos reservados ao autor