Ivan Jubert Guimarães
29/04/2007


Ainda estava bem escuro quando entrei no banheiro,
Ao ligar o chuveiro, esperei que a água esquentasse.
Lembrei-me que era domingo e que teria o dia inteiro
Para fazer coisas antes que o tempo passasse.


Olhei pela janela e percebi que o dia amanhecia,
Pude notar que seria um domingo bem nublado
Pena que teríamos uma manhã um pouco fria
Nada diferente do que foi o dia de sábado.


Para muitos o domingo é o dia de ir à missa
Dia de macarronada na casa da mãe ou da avó
Depois do almoço é a vez daquela preguiça,
Mas tem que visitar a sogra, senão tua mulher ó!


Domingo tem que ser dia de não pensar em problema;
Dia de receber ou fazer visita a amigos ou parentes,
Quem sabe no final do dia pegar um cinema,
Voltar para casa sentindo-se contente.


Para outros domingo é dia só de futebol,
Não come direito, sai de casa correndo,
Vai para o estádio, faça chuva ou faça sol,
Passa a tarde toda gritando e torcendo.


Pára com isso, domingo é dia sagrado
Dia de paz, de serenidade e descanso
É para sentar com a mulher, ficar abraçado,
Deleitar-se num colo macio ficar em remanso.


O que vem depois a gente nunca sabe,
As coisas acontecem sem que haja um por que
Aproveite, pois este dia antes que se acabe,
E um maravilhoso dia de domingo pra você!
 



Ivan Jubert Guimarães


Direitos reservados ao autor