Ivan Jubert Guimarães
29.08.2006


Deixa que eu te fale de meu amor,
Pois nada neste mundo é maior
Do sentimento que eu sinto por ti.
Amar-te é como o abrir-se de uma flor,
É conhecer cada detalhe teu de cor,
É viver uma emoção que nunca vivi.

Deixa que eu te fale de meu amor!
Ele cresce mais a cada instante,
Enchendo meu peito de ansiedade
Provocando no coração imensa dor.
Deixa que eu te ame o bastante
Para encher teu peito de felicidade.

Deixa que eu te fale de meu amor,
Antes que ele se acabe na desventura
De não ter-te como eu te desejo.
Deixa que eu te toque do jeito que for,
Isto não te fará sentir-te impura,
Tudo que eu quero é o sabor de teu beijo.

Deixa que eu te fale de meu amor,
Para que sintas o quanto te quero;
E o quanto tu és por mim amada.
Eu quero teu abraço cheio de calor
Tu não sabes há quanto tempo te espero
E nunca ter recebido nada de ti, nada.

Para que esta paixão não esmoreça,
E esfrie este sentimento tão puro,
Abra teu coração sem guardar rancor;
Ouve com atenção e nunca te esqueças
E mesmo que eu fale apenas em sussurro
Deixa que eu te fale de meu amor!


Ivan Jubert Guimarães

Direitos reservados ao autor
 

 

Midi: Deixa - Baden Powell