Ivan Jubert Guimarães
 

 



30/11/93

Sempre desejei ter uma filha e
Esperei você chegar com muita
Ansiedade em meu coração.
Recordo o dia em que você nasceu:
Aguardava, na sala de espera, ansioso e
Meio sem jeito.
Inda lembro da forte emoção.
Um dia esta emoção será você que irá
Guardar eternamente em seu peito.

Tudo o que eu queria chegara.
Restava somente segurá-la, apertando-a bem.
Entre calmo e aflito dirigi-me ao
Berçário na vã tentativa de ouvir seu grito.
Um dia será você a ter um filho
Já que como mulher você será mãe também.

Isto agora são lembranças que
Trago guardadas na mente,
Todas com muito carinho.
Espero que a vida lhe doe
Sempre bons momentos,
Recordações boas de seu passado,
Obstáculos transpostos em seu caminho.
Conquistas e bons sentimentos.

Espero que estes desejos a
Norteiem para ser feliz na vida.
Isto é tudo que almejo,
Lhe dar neste seu aniversário
Algo mais do que um simples beijo.

 





Para Aline Corsetti Jubert Guimarães

O mundo era bem diferente em 1979.
Havia cortinas de ferro pelo mundo
E Berlim era dividida por um muro.

Saddam Hussein assumia o poder no Iraque;
Khomeine assumia no Irã,
Margaret Tatcher tornava-se primeira-ministra na Inglaterra;
Madre Tereza de Calcutá ganhava o Nobel da Paz.
Os russos invadiam o Afeganistão,
E surgia o primeiro caso de Aids.

No Brasil, tínhamos um general como presidente;
E naquele ano o Corinthians foi campeão.

Tua geração trouxe mudanças profundas,
Com certeza teremos um mundo melhor.
Já não existem muros dividindo uma cidade,
Tampouco uma cortina de ferro fechando as fronteiras.
Khomeine não mais existe e Hussein já não assusta.
Os russos voltaram para a Rússia;
Nossos generais estão de volta aos quartéis;
A Aids infelizmente se alastrou,
( Nem tudo está perfeito),
Mas o Corinthians pode ser campeão este ano.

Como podes ver, Aline, existe um
mundo muito melhor lá fora.
Espero que possas desfrutá-lo e lutar para
que ele melhore sempre mais.
Que estes teus quinze anos marquem mais
um ponto nesta mudança.
Já que debutas para o mundo
Como mulher, não mais uma criança!

 

 



30.ll.2000

Viva sempre sem medo de amar e de amores
Imaginando tua vida como um lindo jardim;
Não que os seus caminhos sejam de flores
Têm espinhos, mas tu podes acreditar em mim;
Ela, a vida, é simplesmente maravilhosa!

E sempre deve ser vivida assim.

Um dia verás que tenho razão, pois,
Mesmo sem estar vivendo uma paixão,

A vida nos dá uma lição preciosa:
Nos momentos mais difíceis de suportar
Onde a angústia insiste em bater em nossa porta
Sempre descobrimos que temos amor para dar.

Portanto, sorria sempre que já nada mais importa.
Aline, minha filha querida,
Realiza teu sonho há muito sonhado
Abraça-te à tua fé, mesmo desconhecida,
Botando tudo o que não presta de lado.
Entrega-te à realização de teu ideal;
Nele é que está o sentido da vida,
Sê sempre uma pessoa honesta e leal.

Atrás de cada sonho vem sempre a realidade.

Viva o sonho daquele jardim encantado,
Olhando e escolhendo a mais linda flor
Cheirando e sentindo o cheiro mais perfumado
E espere sorrindo por teu grande amor.



Ivan Jubert Guimarães


Direitos reservados ao autor