Ivan Jubert Guimarães
02/11/2008


Estou sempre apaixonado.
Preciso de amor como de ar.
Sou da vida um namorado;
Como é bom a gente amar.
 


Ah fosse eu amado como amo!
Não saberia viver tanta paixão;
Amo tanto que nem reclamo
De sofrer qualquer desilusão.
 


Se o amor demora a chegar,
Quando vem chega muito forte;
Você sente o peito se apertar
Mas sabe que é seu dia de sorte.
 


E assim você sente a emoção
De amar e ser muito amado.
Mesmo que exploda o coração,
É lindo morrer de tanto amor doado.



Ivan Jubert Guimarães


Direitos reservados ao autor