Ivan Jubert Guimarães
01/03/2011


Gente alegre mostrando sua alegria nas ruas.
Fantasias bonitas encantando nossas vistas,
Bonitas mulheres desfilando quase nuas,
Corpos expostos das lindas passistas.


O bater sincrônico das escolas com suas baterias,
O rebolar erótico das belas madrinhas
A evolução do desfile, a beleza das alegorias,
Rei Momo desapareceu e deu lugar às rainhas.


Todos cantando como deveriam cantar,
Dizem que "quem canta seus males espanta",
Todos sambam até quem não sabe sambar,
Mas a tristeza deste país é tamanha e tanta!


Na quarta-feira em cinzas tudo termina,
Dos amores e namoros desta festa,
Dos pierrôs, dos arlequins, das colombinas
A lembrança dos prazeres da carne é o que resta.


Que saudade dos carnavais de outrora,
Do lança perfume, dos confetes, serpentinas,
Dos cordões cantando Jardineira e Aurora,
Mamãe eu quero, e namoricos na esquina.



Ivan Jubert Guimarães

Direitos reservados ao autor
 

 

Tutorial de Luz Cristina