Capítulo V III
 
 
 
Uma Nova Mulher
(Ou seja lá o que for aquilo)
 
 
 Adenaíra se recuperava no agora seu aposento e K7 estava ao seu lado segurando suas mãos. Olhando para elas, percebeu que se esquecera de colocar-lhe as unhas. Mas tudo bem, pensou, isso evitaria fazer com que ela as roesse.
 
 Na sala de comando a tripulação estava reunida para uma tomada de decisão: ficariam com aquilo em que se transformara Adenaíra ou partiriam em busca de uma nova mulher? De um lado resolveram ficar com Adenaíra até que arrumassem outra mulher, já que estavam habituados com o prazer que ela lhes proporcionava todos os dias. Mas optaram por arrumar outra mulher brasileira, que segundo eles tinham ouvido falar, era a mais fogosa criatura do planeta.
 
 Tomada a decisão, o comandante ordenou ao piloto que se dirigisse novamente ao planeta Terra. Feito isso, foram ao aposento de Adenaíra que estava se recompondo e se sentindo bem estranha. Ainda não se vira no espelho. Assim que os ETs entraram Adenaíra olhou-os de cima a baixo e exclamou:
 
- Nossa! Vocês ainda estão excitados?
 
- Não mocinha, não é excitação, é efeito da gravidade. Não havia reparado nisso?
 
- Pensei que fosse por minha causa.
 
K7 continuava alisando suas mãos e implorou para ser o primeiro a ter com ela, com o que todos concordaram e saíram do aposento.
 
Adenaíra fechou os olhos aos primeiros toques de K7 e se deixou levar. K7 demonstrava carinho e alisava o corpo dela desde os pés e subia pelas pernas até que chegou nas coxas de Adenaíra que não conteve um suspiro de excitação. Percebeu que a mão de K7 passava por onde antes havia um saco e ela nada sentira além de um calor no corpo. Queria abrir os olhos, mas K7 pedia que ainda não os abrisse, que fosse tomando conhecimento de seu novo corpo pelos carinhos que ele lhe fazia.
 
Quando K7 chegou perto de seu peito ela vibrou intensamente e se virou de bruços para K7 que a possuiu novamente do jeito que ela mais gostava. Os dois tiveram um momento de muito prazer e quando K7 tocou-lhe o seio, Adenaíra percebeu que algo estava errado e abriu os olhos:
- Mas o que foi que vocês fizeram comigo seus desastrados? Colocaram-me um peito só? Imbecis, idiotas, vocês são piores do que aqueles carniceiros do SUS. Eu quero meus peitos!
- Mas que peitos? Você não tinha nenhum!
 
Adenaíra começou a atirar coisas em K&, tudo o que lhe via à mão e gritava e chorava, xingava, até que pegou o espelho e quando ia atirar em K7 viu de relance sua fisionomia e depois de um grito horripilante, desmaiou.
 
Qual será a reação de Adenaíra ao recobrar os sentidos? Vejam no próximo capítulo.