Capítulo  XI
 

O Retorno à Nave
 
 
 Ainda no trem K7 e seu companheiro levaram os braços à altura do peito, fecharam os olhos e se tele transportaram para o disco.
 
 Os outros companheiros já haviam voltado e estavam fazendo seus relatórios ao comandante:
 
 - Pois é chefe, estivemos em um lugar estranho onde as pessoas ficavam deitadas no chão e soltando fumaça pela boca. Aí passou um carro cheio de luzes vermelhas piscando e aquelas pessoas saiam correndo. Quando o carro foi embora, todas voltaram e continuaram soltando fumaça e estavam com os olhos tão esbugalhados que nem perceberam a gente.
 
 - Com a gente foi diferente, fomos para bem longe do centro, e o que vimos foi muito feio, ruas alagadas, casas desmoronando, explosões em casas onde estava escrito banco. Ninguém olhou para nós também.
 
 O comandante registrava tudo e falou:
 - Mas será que nenhum de vocês viu mulheres bonitas nesta cidade?
 
 - Nós vimos, comandante - disse o companheiro de K7.
 - Então me contem rápido.
 
 - Comandante, estivemos embaixo da terra. Há milhões de pessoas que vivem correndo por lá. São tantas que fomos atropelados por elas duas vezes. Na segunda vez acabamos entrando em uns vagões tão apertados de gente que precisamos sair de lá ou morreríamos sufocados. Mas vimos muitas mulheres bonitas e muito diferentes de Adenaíra e de Jeitosinha.  Elegantes, cheirosas, bem vestidas, ao contrário daquelas mulheres que vimos na tela desfilando quase nuas em algumas cidades. Mas são apressadas demais e nem nos viram, nem mesmo quando K7 deu umas apertadas em algumas delas.
 
 - Sim comandante, - disse K7- algumas estavam acompanhadas por homens e usavam um pequeno aro no dedo. Pareciam ser casais.
 Vimos duas mulheres com barriga muito grande e ouvimos que estavam esperando bebê. Isso é uma boa notícia, não é comandante?  Sinal de que eles ainda estão se reproduzindo.
 
 - Mas que ótima notícia vocês dois me deram, souberam procurar e me fizeram um bom relatório - disse o comandante.
 
 K7 estava preocupado , queria contar para Adenaíra tudo o que vira na cidade e preveni-la pois o comandante queria deixa-la em terra.
 - Comandante eu posso ir ver Adenaíra?
 
-Vá K7, vá ter com Adenaíra, sei que é isso o que quer.
 
 - Obrigado comandante!
 
 O que será que K7 vai contar para Adenaíra?  Não percam o próximo capítulo.