Ivan Jubert Guimarães
Natal de 2005
 


No dia de teu aniversário quisera poder te dar um presente maravilhoso. Algo que fosse diferente, pois sei que podes ter tudo o que desejas, embora saiba, também, que és desprendido das coisas materiais.
Eu sempre ganhei presentes no dia de teu aniversário, desde muito pequeno até os dias de hoje. Sempre comprei muitos presentes também, mas nunca dei nada a ti. Na verdade sempre pedi. Mas, desta vez, quero fazer algo diferente: dar-te um presente que ainda não tens.


Não vou me preocupar com a apresentação, embora reconheça que a embalagem não esteja lá essa coisa. Mas vou procurar que o conteúdo seja ímpar. Pode ser trabalhoso, mas não será difícil. Aliás, há tempos tenho pensado nisso, mas sempre fui deixando para outra hora. Mas desta vez será diferente, pois nem sei se terei outra oportunidade.


Então, vou me preparar direitinho, desde agora. Vou elevar meu pensamento a ti, diariamente, e não mais apenas quando preciso que me dês alguma coisa.


O presente que quero te dar não pode ser comprado, não é caro e nem barato, mas é único, embora seja parte de um todo. Fosse eu uma pessoa diferente, tu poderias ter tido isso há muito tempo, mas sempre andei preocupado com outras coisas e, como já disse, sempre fui deixando para mais tarde.


Mas agora o tempo está acabando e esta pode ser a última oportunidade. Portanto, querido amigo, eu entrego a ti o meu coração. Ele já está modificado embora ainda não seja puro, mas o processo já começou. Faça com ele o que quiseres, pois estou preparado para satisfazer tua vontade.


Recebe, então, este presente, que mesmo fazendo parte da mesma centelha tua, nunca foi teu inteiramente. Sinto a liberdade me abrindo o peito, sinto tua luminosidade aquecer meu coração e irradiar uma pequena chama que espero possa brotar em outros corações. A época é propícia, fico mais vulnerável a praticar boas ações. Agora, estou entregando meu coração, peço que tu me ajudes a ajudar, permita que este sentimento puro perdure por todos os dias de minha vida!


Um Feliz Natal e Parabéns a Você, Jesus!
 



Ivan Jubert Guimarães


Direitos reservados ao autor