Ivan Jubert Guimarães

19/07/2014


O mundo está muito esquisito ultimamente,
Na verdade a vida parece estar por um triz;
Quando eu era jovem tudo parecia diferente,
E a gente podia até se sentir muito feliz.


As moças adoravam ler livros de poesia,
Se encantavam com J.G. De Araujo Jorge,
Vicente de Carvalho e a doce Cecília,
Mas hoje, da poesia todo mundo foge.


A Vinícius de Moraes chamam de poetinha,
Uma forma carinhosa de tratamento
A um poeta que encantava em cada linha,
Despertando nosso melhor sentimento.


Liminsky, Augusto, Drummond e Coralina,
João Cabral, Clarice e Mário Quintana,
Manoel Bandeira, todos gente muito fina,
Cujos versos encantam a quem ama.


Poetas que escreveram versos encantados,
Que falavam de amores muito sentidos
Para deleite dos jovens enamorados
Que declamavam para todos os ouvidos.


A morte está levando também os escritores,
João Ubaldo, Guimarães Rosa e Veríssimo,
Jorge Amado e tantos outros professores
Autores de crônicas e romances belíssimos.


Mas suas obras ficaram para a posteridade
E, por isso, grito vivas e muitos salves;
E hoje se foi mais um que deixa saudade,
Escritor, poeta e educador Rubem Alves!
 



Ivan Jubert Guimarães

Direitos reservados ao autor
 

 

Midi: Memory - instrumental